Recipientes domésticos para armazenar água são maiores focos de Aedes aegypti

Recipientes domésticos para armazenar água são maiores focos de Aedes aegypti

Recipientes domésticos usados para armazenamento improvisado de água, como baldes e regadores, foram os principais responsáveis pelo aparecimento de novos criadouros do mosquito Aedes aegypti no município de São Paulo em fevereiro. No segundo mês do ano, esses utensílios representaram 32,4% dos recipientes com larvas.

Leia mais…